Livros & Publicações

Qual agência não gostaria de trabalhar para os produtos da Editora Abril? Ulisses curtiu, em diferentes fases e agencias, e curte tudo que vem do império dos Civita. Atualmente continua ligado a Abril, editando seus livros pela Editora Scipione e colaborando com suas revistas constantemente.

A fome com a vontade de comer. Ulisses anunciando um de seus autores prediletos.

Este livro era uma farsa só (imagem um paladino da liberdade sendo amigo do sanguinário e primitivo ditador Mao Tse-Tung!), mas vendeu bem, claro, o populacho gosta é de escândalo, não de informação séria. O anúncio foi premiado.

Existia muita polêmica sobre Arigó, o mais famoso médium brasileiro depois de Chico Xavier. Isso deu o mote e gancho para o anúncio. Apesar de meus avós terem sido médiuns, nunca dei muita bola pra isso. Mas quando Jarbas de Souza perdeu o filho e foi consultar o Chico Xavier, voltando com relatos impressionantes, fiquei meio balançado.

Onde anda o Paulo Lemos eu não sei (alguém sabe? Cartas, digo, e-mails para a Redação). Mas ele sempre foi um empresário corajoso. Tanto que lançou e manteve a Revista Cult, uma revista literária num País cuja cultura é a da bunda. Ulisses também apostou, criando esta campanha. E, como o Paulo, naufragou, claro. Nenhuma propaganda vence a realidade: ler não dá dinheiro, nem status, nem phoder.

A campanha da Jarbas para a Folha de São Paulo ganhou todos os premios, todos os elogios e o principal: fez a Folha superar o Estadão e O Globo. O Ulisses e o Jarbas apareceram muito na mídia por conta disso. Mas tem dois caras super importantes nos bastidores da longa e badalada campanha: o diretor de arte José Roberto Jacaré e o Níveo Gaspar, cuja foto está no anúncio Ninguém copia… Justiça seja feita.

Esta campanha é bem divertida. Logo postaremos os spots.